17/07/2023 - Entretenimento e Bem-estar

Psicologia Científica O que é a Terapia Cognitivo- Condutaual?

Por Agostina Píngaro

Psicologia Científica O que é a Terapia Cognitivo- Condutaual?

Se você mora na Argentina, o mais provável é que tenha algum conhecido psicólogo. Já que somos o país com mais psicólogos per capita a cada 100 mil habitantes.

Há muitos mitos e desconhecimento em torno das práticas em psicologia. Isso deve-se a que, em nosso país, se encontra muito difundida a prática psicoanalítica, apesar de ter sido desmatada na maioria dos países do mundo devido a não apresentar a correspondente validade científica.

A realidade é que os psicólogos não interpretamos sonhos nem podemos ler mentes nem adivinhar ou reconstruir o passado de nossos consultórios. A psicologia é uma ciência que estuda a psique e o comportamento humano e nosso trabalho como psicólogos é fornecer ferramentas para modificar comportamentos ou poder impulsionar um maior bem-estar na pessoa.

No nosso país, como dissemos, há uma diversidade de referenciais teóricos onde, no entanto, há uma predominância da psicanálise, pelo que é provável que assigamos essa corrente com a psicologia em si. No entanto, há outras correntes teóricas que se praticam no mundo e que há várias décadas chegaram para ficar.

Terapia Cognitivo - Condutaual (TCC), o que é e para que serve?

A TCC distingue-se principalmente da psicanálise e de outras correntes por ser uma terapia que se encontra enquadrada dentro do que se conhece como práticas baseadas em evidências (PBE) ou psicologia científica. Isso quer dizer que são tratamentos que foram colocados em teste e pesquisados sistematicamente e que foram validados empiricamente por terem demonstrado sua eficácia em populações amplas e com problemáticas diversas. A mesma surge em torno da década de 80’ tendo como pioneiro Aaron Beck, que introduziu pela primeira vez um manual de terapia cognitivo - comportamental para distúrbios depressivos. Hoje, a TCC tem estudos e foi validada para uma ampla gama de problemáticas.

A TCC baseia-se fundamentalmente no pressuposto da inter-relação entre nossos pensamentos, condutas e emoções. Ou seja, que nossos pensamentos afetam nossas condutas, pelo que uma mudança de pensamento pode levar a modificar a emoção provocada e a conduta mesma. Dito em outras palavras, geralmente sofremos pelos pensamentos que associamos a certo acontecimento que pelo próprio sucesso em si. E geralmente, não podemos modificar esses eventos, mas podemos modificar os pensamentos, emoções e comportamentos associados ao mesmo.

Além da teoria subjacente o mais importante, é que a ideia e objetivo da terapia é ajudar o paciente a poder monitorar esses pensamentos para ter mais noção dos mesmos, bem como poder modificar os que resultem desadaptativos ou prejudiciais para sua vida e interesses particulares. Tudo isso, concordando com o paciente e propondo metas alcançáveis, revisando os avanços e fornecendo ferramentas úteis e concretas.

O que esperar das primeiras sessões com um/a psicólogo/a?

É indispensável que dentro das primeiras sessões o psicólogo:

  • Escute cuidadosamente a pessoa para poder começar a armar hipóteses sobre o que lhe acontece
  • Explique como trabalharão lá em diante e forneça toda a informação necessária ao consultante.
  • Comente que é o tratamento com maior evidência científica para o problema a resolver, informar sobre seus prós e contras, bem como fornecer diferentes alternativas que tenham demonstrado eficácia.
É importante, além disso, que o psicólogo lhe conceda consentimento informado ao consultante onde este possa expressar sua vontade de iniciar o tratamento e que possa responder todas as suas dúvidas.

A ideia central é que o paciente tem um papel ativo em suas mudanças, pelo que se avaliarão objetivos em conjunto, bem como as ferramentas para alcançá-los de acordo com as características da pessoa. Um psicólogo cognitivo - comportamental não vai te dizer que fazer, nem tem uma solução mágica, mas você acompanhará a alcançar esses objetivos, trabalhando habilidades e explicando os modelos subjacentes aos seus comportamentos para melhor entender seus comportamentos.

A terapia é um processo e é extremamente importante que um como paciente possa ter um papel ativo e tomar decisões, e, em especial, que o tratamento com maior evidência de eficácia tenha demonstrado para o problema a tratar.

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
agostina pingaro

Agostina Píngaro

Sou Agos, Psicóloga recebida da Universidade de Buenos Aires (UBA) com orientação Cognitivo - Condutaual. Atualmente sou Residente de Psicologia Infanto Juvenil no Hospital Geral de Crianças Pedro de Elizalde - Ex Casa Cuna.

Linkedin Instagram

Visualizações: 1

Comentários