30/06/2023 - Tecnologia e Inovação

O APPLE VISION PRO e a visão da Apple sobre o futuro

Por nicolas cuello

Imagen de portada
Imagen de portada

APPLE: Pionera na Inovação Tecnológica e Experiência do Usuário

Para arrancar, após o lançamento das APPLE VISION PRO, estes novos óculos que a APPLE apresentou em 5 de junho, não quero focar nas características dos óculos, que todos já as temos explorado, vimos vídeos, publicações, comentários, mas quero me concentrar na Apple, uma das marcas líderes de tecnologia, design e inovação do mundo, que se caracterizou por ter uma visão centrada na inovação e na criação de produtos tecnológicos que sejam fáceis de usar e estéticamente atrativos, tem se destacado pela sua abordagem na experiência do usuário e integração perfeita entre hardware, software e serviços.

Ao longo dos anos, a Apple mostrou um compromisso com a melhoria contínua dos seus produtos existentes e a introdução de novas tecnologias que mudam a forma como as pessoas interagem com a própria tecnologia. A empresa tem sido pioneira em áreas como a computação pessoal com o lançamento da Macintosh, a música digital com o iPod e o iTunes, os dispositivos móveis com o iPhone e tablets com o iPad, entre outros e neste caso quer ser ponta de lança na realidade estendida e computação espacial.

O Design Disruptivo e Ecosistema Integrado da Apple Vision Pro: Revolucionando o Mercado Tecnológico

A Apple desde os seus primórdios adotou uma estratégia abrangente que combina o design de produtos inovadores, o controle vertical do seu ecossistema e a criação de uma experiência de usuário única, complementada pelo Cross Selling constante que oferece a marca, complementando todos os seus dispositivos de uma maneira única. Alguns aspectos chave da estratégia, é focar-se em criar produtos com um design estético e elegante, onde a forma e a função se unem. Esta atenção ao design foi um fator diferenciador para a empresa e contribuiu para o seu sucesso no mercado, aqui a grande expectativa que se gerou em relação aos óculos Apple Vision Pro, porque sabíamos que seu design seria distintivo e totalmente disruptivo.

As Apple Vision Pro, a meu entender, vão complementar os dispositivos móveis para depois reemplazá-los lentamente, imaginem que esta é a primeira versão deste dispositivo, como será depois de alguns anos de teste no mercado, todas as interações e funções apresentadas pela Apple, serão dadas com maior qualidade, deixando de lado qualquer dispositivo móvel do mercado.

Por outro lado, pergunto-me se haverá algum serviço como iCloud, Apple Music e Apple Pay, que complemente o Apple Vision Pro, com este ecossistema integrado que já nos tem acostumado, talvez alguma espécie de plataforma Apple XR, tiemblan Unity, Unreal ao aparecer um novo jogador de primeiro nível mundial.

Claramente, o objetivo do APPLE VISION PRO é substituir não só o iPhone, mas todos os dispositivos móveis, as próximas gerações já não usarão celular, já não terão um aparelho gigante para se comunicar, mas terão nanotecnologias que cumprirão as mesmas funções, óculos de realidade mista, exorcismos de todos os tipos, relógios inteligentes, anéis inteligentes, e todos os dispositivos que vão surgindo, iniciou-se uma nova carreira no mundo da tecnologia, a corrida para conquistar a atenção humana e destronar o celular dessa hegemonia.

Falta um ano para sair à venda, mas o lançamento já deixa muita tela para cortar.

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
nicolas cuello

nicolas cuello

CEO & Fundador de LUCODS. Especialista em novas tecnologias, com mais de 10 anos no ecossistema inovador, consultor de empresas privadas, vinculador tecnológico, palestrante em eventos sobre tecnologia como ser Virtuality, Smart Cities, Bafici, entre outros. Assessor do INTI em temas relacionados à Realidade Virtual, Realidade Aumentada. Membro do METAVERSE STANDARD FORUM. Professor em IMAGE CAMPUS do trajeto METAVERSO.

Linkedin

Visualizações: 6

Comentários