26/11/2021 - Tecnologia e Inovação

De Marconi a 5G: O desenvolvimento positivo das tecnologias

Por Fabrizio Pelli

Imagen de portada
Imagen de portada

Nos primeiros meses de 1912, o grande inventor, físico e gênio italiano, criador da rádio, Guglielmo Marconi, recebeu um convite da Eletrical Society of America para dar uma conferência em Nova York em 16 de abril desse ano, segundo conta em sua biografia seu melhor amigo e mão direita, Luigi Solari.

A White Star Line convido-o a viajar para New York no Titanic, na primeira viagem deste enorme navio da marinha britânica. Eles tinham reservado um quarto magnífico e todos os confortos. Só colocaram uma única condição: que poderiam promover a presença do grande Marconi no Titanic. O gênio italiano naqueles anos viajou pelo mundo desenvolvendo suas experiências sobre radiofrequências, e já o 1909 ganhou o Prêmio Nobel de Física, o primeiro italiano na história em ganhar o prestigioso prêmio.

Marconi em um primeiro momento aceitou, mas alguns dias depois, mudou de opinião e escolheu viajar em outro navio, o Luísitana. Segundo conta sua biografia, os motivos estiveram ligados à sua personalidade e sua rotina de trabalho.

Seria muito útil responder a todas as cartas que lhe chegavam, e na Luísitana lhe ofereceram um assistente que ia ocupar desse tema durante a viagem. O Luísitana com Marconi a bordo viajou da Europa para Nova York dois dias antes do Titanic.

Na manhã de 15 de abril de 1912, começaram a chegar as primeiras notícias da colisão do Titanic com um iceberg e das consequências dramáticas. Em poucas horas, todo mundo inteiro do que tinha acontecido. Uma das poucas boas notícias foram os mais de 700 passageiros que foram salvos graças à intervenção de algumas naves como a Carpathia e a Olimpic, que foram contatadas graças ao telégrafo sem fios, inventado por Marconi. Em New york, deram-lhe uma medalha de ouro e houve celebrações em todo o mundo pelo fato que graças à sua invenção, puderam-se salvar tantas vidas.

Marconi, na verdade, em suas conversas nos dias seguintes, expressou uma tristeza ligada ao fato de que uma nave passou perto do Titanic antes da Carpathia, mas não pôde receber os pedidos de ajuda do Titanic porque não tinha um rádio a bordo.

Já nos primeiros anos do século XX, começava uma competição entre a comunicação por cabo e as realizadas por rádio frequencias. Hoje, mais de um século depois e com diferentes usos, continuamos procurando a perfeita integração algo que o 5G promete.

O episódio do Titanic e o uso do telégrafo inventado por Marconi para salvar alguns dos passageiros nos conta, como sempre as invenções do homem melhoraram e evoluíram as sociedades, mas sempre precisaram e precisam da atenção e dos padrões comuns de uso e iimplementação.

Um grande desafio atual sobre os avanços da tecnologia, e em particular sobre a Inteligência Artificial (especialmente a chamada Super Inteligência Artificial), é que seu uso seja para o impacto positivo sobre a evolução do homem e da sociedade.

Por esta razão, em 2017, nasceu o Future of Life Institute, por iniciativa do físico sueco do MIT de Boston, Max Tegmark, e com o apoio e o financiamento de personalidades como Elon Musk, Larry Page, Jaan Talinn. Este instituto ocupa-se de financiar e promover projetos acadêmicos em todo o mundo para o desenvolvimento de modelos de segurança da IA, começando por captar a atenção da sociedade sobre esta fundamental temática mundial, que representa talvez o desafio mais importante dos próximos anos.

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
fabrizio pelli

Fabrizio Pelli

Olá sou Fabrizio Pelli, licenciado em administração de empresa na Universita Luigi Bocconi de Milan, master em management na Università Luigi Bocconi de Milan. Partner de Dade2, delegado externo para a América Latina da Itália4blockchain

Visualizações: 0

Comentários