02/05/2024 - Tecnologia e Inovação

O projeto Catalyst de Cardano

Por Alex Pestchanker

O projeto Catalyst de Cardano

Projeto Catalisador Cardano

Como nasceu o Projeto Catalisador?

Cardano é uma Blockchain de terceira geração e como tal o seu objetivo centra-se em três pilares: Interoperabilidade, Governação e Escalabilidade.

No que diz respeito à Governação, Cardano pretende que a Blockchain seja governada a 100% pela sua comunidade, tanto na sua evolução técnica, como na sua evolução propositada ou filosófica.


Para que esta governação seja verdadeiramente um governo da comunidade, cujas pessoas vêm de todo o mundo, com diferentes raízes, culturas, interesses e possibilidades, deve ser uma governação descentralizada e isso implica a existência de mecanismos que gerem uma adequada representação, proposta, validação e ratificação das decisões que são tomadas.


Na prática, a nível global, não existem sistemas de governação que o tenham conseguido à escala e, por isso, as teorias, ferramentas e processos têm de ser testados e iterados com base nos resultados que mostram na sua execução real.


Por outro lado, Cardano tem no seu funcionamento uma Tesouraria cuja função é servir de sistema de financiamento para que a blockchain possa ser operada e suportada e para que a comunidade possa crescer, desenvolver-se e atingir o objetivo de Cardano de conseguir um mundo melhor.


Este Tesouro que, no momento em que escrevemos, ultrapassa os 1,5 Biliões de ADAs (cerca de $650M USD) e cresce permanentemente com a utilização da Blockchain, dado que cada transação que é feita na rede paga uma taxa e uma parte dessa taxa é destinada ao Tesouro.


O projeto Catalyst surge como uma experiência, liderada pelo developer do Cardano, IOG, com dois objectivos principais, o primeiro é facilitar a utilização dos recursos do Tesouro para incentivar e apoiar projectos que tragam inovação e valor e façam crescer o ecossistema Cardano e o segundo é testar mecanismos de governação descentralizada que permitam gerar a experiência necessária para a governação 100% descentralizada da rede, pela sua comunidade.


O seu objetivo


Em cada reunião da comunidade que se consolidou em torno do projeto, esta abre com uma espécie de Mantra, que serve para todas as pessoas, novas e habituais, nos lembrarem do propósito do Catalyst e assim podermos avaliar as nossas acções e participação na prossecução do que estamos a experimentar. Este mantra diz:

Bem-vindo à Experiência!

As coisas podem:

  • - Partir

  • - Não estar bem documentado

  • - Diferir muito entre iterações

  • - Desorientar, sobrecarregar e inspirar.


O nosso objetivo:

Proporcionar um ambiente seguro e animado para explorar o potencial máximo da colaboração humana.


Ao ler estas palavras, torna-se claro que o objetivo é ambicioso e também amplo, uma vez que se presta a uma miríade de possibilidades e ideias a serem testadas e iteradas no seu seio, pelo que é compreensível que não seja tão simples explicar o que se trata de uma forma unívoca, uma vez que para cada pessoa pode ter um significado e um objetivo muito diferentes.


Isto pode, naturalmente, ser algo difuso ou mesmo caótico, mas é sem dúvida inspirador e cheio de energia.

Como funciona ( https://projectcatalyst.io )


A Catayst funciona em ciclos (ou fundos) que se iniciam regularmente e têm uma duração aproximada de 3 meses, mas não têm uma cadência pré-determinada, uma vez que cada ciclo produz novas aprendizagens e oportunidades de melhoria, pelo que, no final de cada ciclo, são feitas análises, recolhido feedback e propostas melhorias que, caso se considere necessário incorporar no ciclo seguinte, se iniciarão quando essas melhorias estiverem prontas e testadas.


Até abril de 2024, foram concluídos 11 ciclos (Fundo 1 - Fundo 11), nos quais foram apresentados mais de 7112 projectos, foram expressos mais de 2.470.734 votos e foram premiadas 1.633 propostas, num total de 79 milhões de dólares.


Estes números fazem do projeto Catalyst o maior fundo de inovação descentralizado do mundo.


Factos sobre o Fundo Catalyst 11, que terminou em março de 2024:

  • - No Fundo 11, o orçamento teve um total de ₳ 50M (cerca de 21,5M USD), alocados nas seguintes categorias:

    • Total disponível para financiamento de projectos: ₳ 46.5M

      • Cardano Open: Desenvolvedores Financiamento total ₳ 11.500.000

      • Cardano Open: Ecossistema Financiamento total ₳10,500,000

      • Casos de uso de Cardano: Conceito Financiamento total ₳7,500,000

      • Casos de uso de Cardano: Produto Total de fundos ₳7,500,000

      • Casos de utilização Cardano: Solução Financiamento total ₳7,500,000

      • Melhorias nos Sistemas Catalisadores: Descoberta Financiamento total ₳3,000,000

  • - 3.5M foram para compensar a participação da comunidade em várias funções necessárias, como Avaliador de Proposta, Revisor de Marco, Voto, etc.

  • - Foram recebidas 920 propostas válidas.

  • - 307.698 votos foram recebidos.

  • - 300 projectos ganharam.


Como participar no Catalyst:


Dependendo do interesse de cada pessoa, existem diferentes formas e funções que permitem a participação.


Proponente: É a pessoa ou equipa que quer concretizar uma ideia e propõe um projeto.


Assessor de Propostas: Qualquer pessoa da comunidade pode participar como AP, tendo de compreender em pormenor as orientações e regras do ciclo e procurando desempenhar este papel de forma consciente e com a melhor intenção de garantir que as melhores propostas se destacam e que as que não se destacam aprendem e evoluem para que em ciclos futuros se possam destacar. Trata-se de uma função que é remunerada em função do número de avaliações válidas efectuadas.


Consultor de Propostas Veterano: Esta é uma função que só pode ser desempenhada por pessoas que tenham participado como APs em ciclos anteriores e que o tenham feito com uma boa qualidade (reputação que é acumulada a partir das validações recebidas das suas avaliações como APs). O objetivo da função é validar que as avaliações realizadas pelos APs estão em conformidade com as regras e são objectivas e justas, bem como resolver quaisquer pedidos de revisão feitos pelos proponentes relativamente às avaliações. É uma função que é compensada, dependendo do número de validações efectuadas.


Revisor de etapas: É uma função que também é desempenhada por certas pessoas que demonstraram aptidão e cujo historial de participação é irrepreensível. São as pessoas encarregadas de receber a proposta de resultados, os critérios de sucesso e as evidências que cada projeto vencedor deve apresentar, para que a comunidade possa validar a correcta execução dos compromissos do projeto. Esta função não só participa na aprovação das etapas, mas também, quando são recebidas as provas de cumprimento de cada etapa, aprova-as, libertando assim os fundos correspondentes a cada etapa efetivamente cumprida.


Eleitor: Qualquer pessoa que se registe para votar, que tenha pelo menos 500 ADA na sua carteira registada. As recompensas de voto são baseadas no número de ADA com que se vota.


O Ciclo Catalisador


Uma vez iniciado, o Ciclo Catalisador é composto por três fases: Inovação, Governação e Implementação.


1 - Fase de Inovação:

Esta fase procura gerar o maior número possível de ideias com o objetivo de resolver os desafios prioritários, incentivar a participação construtiva da comunidade para melhorar essas ideias e gerar sinergias entre pessoas com interesses semelhantes.


Esta fase tem cinco etapas: troca de ideias, apresentação de propostas, aperfeiçoamento das propostas, finalização das propostas e avaliação das propostas.


Na fase 1, o objetivo é que todas as ideias possam ser dadas a conhecer à comunidade, de modo a receber contributos, identificar possíveis melhorias e ligar pessoas com ideias semelhantes. Esta fase é feita por escrito no sítio da proposta. Todos os comentários e respostas são tornados públicos para que qualquer pessoa da comunidade possa dar feedback ou obter informações valiosas sobre tópicos específicos.


Na fase 2, todas as pessoas que decidiram avançar com as suas ideias, transformam-nas num projeto através de um formulário que consiste em secções específicas que permitem definir um projeto de acordo com o seu Alinhamento (com o desafio), Impacto (para o ecossistema) e Viabilidade (Custo, Objectivos, Capacidades).

A comunidade pode dar o seu contributo e fazer comentários sobre as ideias registadas, mesmo que estas ainda estejam numa fase embrionária.


Na fase 3, a(s) pessoa(s) que registou(aram) a proposta aperfeiçoa-a de modo a que a proposta seja completa, clara e possa incorporar comentários ou feedback recebidos ou repensados pela equipa da proposta.


Na fase 4, os pormenores da versão final da proposta são finalizados, uma vez que, uma vez concluída esta fase, a proposta já não pode ser alterada.


Na fase 5, um grupo de pessoas da comunidade que se voluntariou para desempenhar o papel de Consultor de Propostas (AP) analisa e avalia cada proposta, elaborando um relatório escrito sobre as 3 dimensões acima explicadas (Alinhamento, Impacto e Viabilidade) e atribuindo à proposta uma pontuação numérica em cada uma das dimensões. Estas avaliações são depois confirmadas, ou não, por um grupo de pessoas que actuam como supervisores no papel de Veteran Proposal Advisor (vPA) e que, devido à sua experiência na comunidade, garantem que as avaliações feitas pelos APs cumprem as regras estabelecidas e são tão objectivas e justas quanto possível. A equipa proponente tem ainda a possibilidade de observar avaliações que não sigam as regras ou que não estejam devidamente justificadas, pelo que os vPAs prestam especial atenção a estes casos.


No final da Fase de Inovação, há um número de propostas submetidas para cada desafio, uma classificação e avaliação de cada proposta e uma validação de qualidade que dá confiança à classificação. Isto permitirá aos votantes ter não só a informação da proposta, mas também a opinião de várias e diversas pessoas da comunidade sobre cada proposta individual.


2 - Fase de governação:


Na fase de governação, é feita uma votação para definir quais os projectos que, na opinião dos votantes, merecem receber os fundos para serem desenvolvidos.


Os eleitores, previamente cadastrados, votam com um poder de voto equivalente à quantidade de ADAs em sua carteira no momento em que a "foto" de votação é tirada (data e hora específicas, pré-determinadas).


Cada eleitor poderá votar em tantos projectos quantos desejar, sendo que cada projeto votado receberá a totalidade do poder de voto exercido pelo eleitor.


Os votos são secretos, os dados dos votantes (endereço da carteira) não são tornados públicos.


Quando a data de encerramento da votação é atingida, os votos são contados e os resultados são publicados.


Os projectos votados são classificados em cada categoria, de acordo com o número de votos ADA.


Esta classificação determina, em função dos fundos disponíveis para cada desafio, quais os projectos vencedores.


Para que um projeto seja elegível para financiamento, devem ser cumpridas as seguintes condições

  1. - Que a proposta tenha sido aprovada: Deve receber votos de pelo menos 1% do poder de voto total registado para votar no fundo.

  2. - Que os fundos remanescentes na categoria, de acordo com a classificação dos votos obtidos pelo projeto, sejam suficientes para cobrir o total dos fundos solicitados (não são atribuídos fundos parciais).


Para o Fundo 12, este calendário tem o seguinte aspeto:


3 - Fase de implementação:


Uma vez conhecida e ratificada a lista dos projectos vencedores de cada desafio, cada proponente é informado desta situação e procede-se ao onboarding dos projectos vencedores.


Este onboarding consiste num registo detalhado do projeto e do responsável pelo mesmo e numa Prova de Vida, que é um documento vídeo que é gravado, de forma a registar que o responsável pelo projeto é uma pessoa real.


Os projectos vencedores recebem os fundos em pagamentos mensais, que são o resultado da divisão do montante total atribuído pelo número de meses do projeto (que faz parte da informação que foi colocada na proposta votada), mais 1 mês adicional em que deve ser feito um relatório para encerrar o projeto, enviando provas da entrega dos compromissos e um vídeo como resumo para que a comunidade possa saber o que foi feito.


Uma vez declarados vencedores, cada projeto necessita ainda de uma proposta de marcos do projeto, datas e custos associados, que deve ser aprovada pelos revisores de marcos e pela IOG, de forma a fazer os desembolsos do projeto com base no progresso da entrega dos compromissos, efetivamente validados (marcos), a validação é feita através de um POA (Proof of Achievement), documento que é enviado assim que cada marco é atingido.

Link: https://bit.ly/Funded-Projects-Guidance (Válido para o Fundo10)


Todos estes relatórios, o estado e os fundos de cada projeto, são reportados mensalmente num link público, para que a comunidade possa auditar:


Desta forma, a utilização de fundos do tesouro público para este fim pode ser auditada e revista por qualquer pessoa da comunidade.

Link: https://docs.google.com/spreadsheets/d/1bfnWFa94Y7Zj0G7dtpo9W1nAYGovJbswipxiHT4UE3g/edit#gid=917336114



O que vem a seguir?


Em abril de 2024, o Fundo 12 foi aberto, com várias novidades:


Cardano Open: Developers, Fundos disponíveis ₳10,500,000.

Cardano Open: Ecossistema, Fundos disponíveis ₳ 5,500,000

Parceiros Cardano e integrações do mundo real, fundos disponíveis ₳ 8,000,000

Casos de uso de Cardano: Conceito,Fundos disponíveis ₳7,500,000

Casos de uso de Cardano: MVP, fundos disponíveis ₳ 7,500,000

Casos de uso de Cardano: Produto, fundos disponíveis ₳7,500,000


Todas as informações do Fund12 podem ser encontradas em: https: //projectcatalyst.io/funds/12#explorer


Do que é que estás à espera?


Novas ferramentas, mais transparência, mais valor. Para que muitas mais pessoas de todo o mundo possam participar nesta experiência única, que procura gerar colaboração e governação para um mundo melhor!







Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
Alex Pestchanker

Alex Pestchanker

Visualizações: 23

Comentários