16/05/2023 - Tecnologia e Inovação

Experiência de Usuário no Desenvolvimento de Jogos: Abordagem na Emoção e Jugabilidade

Por Verónica Pilar Jordan

Imagen de portada
Imagen de portada

Recentemente, comentaram-me sobre um programa de promoção para o desenvolvimento de videogames no domínio da economia do conhecimento. Esta experiência me levou a escrever sobre o design de Experiência de Usuário (UX) focado no desenvolvimento de videogames. Nesta nota, compartilharei conhecimentos e experiências sobre este fascinante campo.

No âmbito do desenvolvimento de videogames, a UX tem um papel primordial para criar experiências imersivas e atraentes para os jogadores. As equipes de desenvolvimento de jogos de vídeo valem-se de diversas metodologias de pesquisa, para compreender em profundidade as emoções dos jogadores e assim garantir uma experiência de jogo excepcional.

Cabe lembrar que os videogames são um produto que correspondem a uma experiência multissensorial que envolve os jogadores tanto física como mentalmente através da interação com telas, ou botões, e as mecânicas e regras do jogo. É por isso que os designers usamos UX para garantir que a usabilidade, acessibilidade e ergonomia sejam satisfatórias, e não em um problema de jogabilidade para o jogador.

Entendendo as Emoções do Jogador

Um bom design de UX pode evocar emoções poderosas. Por exemplo, o som de uma recompensa, a iluminação do ambiente do jogo e a música de fundo podem estabelecer o humor da cena. Esses elementos ajudam a criar a trama do jogo e as conexões emocionais com o usuário.

As conexões emocionais são mais fortes do que qualquer outro elemento do jogo e mantêm o jogador comprometido por muito tempo. Portanto, não é suficiente que o jogo tenha regras bem estabelecidas e mecânicas perfeitas se não gerar emoções no cérebro dos jogadores. Não há nada melhor que gerar um jogo que resulte em uma experiência significativa para o jogador, e que ao mesmo tempo seja satisfatório em termos de sua jogabilidade.

Coletando Dados sobre Jogadores Reales

Para garantir que os jogos estão à altura das expectativas e preferências da audiência alvo, são coletados e analisados dados através de testes abrangentes com jogadores reais, e da coleta de feedback detalhado, obtém-se informações valiosas sobre o comportamento dos jogadores, suas preferências de jogo e os desafios que enfrentam.

Estes dados são usados para tomar decisões informadas, que permitem melhorar a jogabilidade, ajustar a dificuldade e otimizar a experiência de jogo em geral.

Criando uma Experiência de Usuário Divertida e Intuitiva

O desenvolvimento de UX na indústria de jogos de vídeo centra-se na criação de uma experiência de usuário atraente e divertida, que invite o jogador a entrar através de uma interação gratificante, a uma história excitante, feita à medida de um público-alvo que pretende cativar, mantendo-o imerso durante longas sessões de jogo.

Isto é extremamente complexo e reside neste ponto o sucesso a longo prazo desta classe de produtos, enquanto os designers de jogos se esforçam por criar interfaces de usuário intuitivas, sistemas de controle responsivos e mecânicas de jogo equilibradas que sejam acessíveis, mas ao mesmo tempo desafiadores.

Interação e Planejamento Estratégico

As estratégias são mais simples de definir a partir do plano de perguntas-chave para guiar a abordagem e assegurar uma experiência de usuário ideal. Ajudam-nos a não esquecer aspectos a considerar, enquanto em simultâneo ajudam-nos a definir os aspectos e estado em que se encontra o nosso produto mínimo viável (MVP).

Algumas questões úteis são, por exemplo, os jogadores entenderão as regras do jogo?, nós precisamos de mais características ou as que temos são suficientes? , em que partes do jogo devemos nos concentrar durante a iteração?, a experiência de jogo é suficientemente correta para ser lançada? . Essas questões estratégicas impulsionam decisões cruciais e permitem aos desenvolvedores aperfeiçoar e carregue no jogo antes de seu lançamento.

Embora isso não seja tudo sobre UX de videogames, ele permite ao leitor interessado entrar em um aspecto crítico no desenvolvimento de videogames, e sua otimização. Espero que tenham gostado da nota. Até a próxima!

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
veronica pilar jordan

Verónica Pilar Jordan

Olá, sou a Dra. Jordan Verónica, especializo-me em Direito IT e Design UX. Em 2016 me titulari em Direito na Universidade Nacional de La Matanza, posteriormente em 2018 realicé o Mestrado em Inteligência Estratégica da Universidade de La Plata, onde orientei minha tese à análise prospectiva do desenvolvimento da interação entre a inteligência artificial e o usuário, no desenvolvimento de produtos e serviços digitais na América Latina.
Esta experiência em conjunto pelo meu gosto desde pequena pela robótica e pelos sistemas de aprendizagem automáticos, fez-me voltar à minha vocação para o desenvolvimento de produtos e formar-me em 2019 na Universidade de San Andrés no Programa de Direito e Tecnologia das Comunicações (DITC).
Desde 2020, dei-me a desenvolver meus conhecimentos em torno da psique e me encontro cursando a carreira de Licenciatura em Psicologia na Universidade de Morón, onde também imparto aulas na Faculdade de Saúde dessa universidade de filosofia e bioética. Também me encontro certificada como Project Manager pelo Google, tenho como passatempo programar e espero poder me certificar no Instituto Tecnológico de Buenos Aires como Designer UX.
No domínio do trabalho, vou desempenhar tanto no domínio privado como público. Atualmente, sirvo na auditoria de execução de projetos no Ministério da Economia da Nação Argentina, a distintas empresas em relação a produtos e serviços reconhecidos pela Lei de Economia do Conhecimento; enquanto impulso à startup DigitalSpells, que se centra no planejamento integral no desenvolvimento de produtos digitais que buscam ajustar a implementação das tecnologias e sua escalabilidade, às necessidades do cliente e usuário.

Linkedin

Visualizações: 1

Comentários