21/03/2023 - Tecnologia e Inovação

A Inteligência Artificial e a Robótica: o futuro chegou há pouco

Por jose lopez

A Inteligência Artificial e a Robótica: o futuro chegou há pouco

Atualmente, e há alguns anos, o mundo está falando sobre a Inteligência Artificial. O certo é que no último tempo este tópico conseguiu maior alcance dado o lançamento de Chat GPT (um modelo de linguagem que lançou OpenAI). “Você viu essa máquina que fala? é mais inteligente do que um humano”, “Vamos acabar na rua, os robôs vão nos roubar o trabalho.”, “Já não é preciso estudar, com gpt podemos fazer de tudo”, Estes são alguns dos comentários comuns que foram ouvidos após o auge da IA ocasionado pelo Chat GPT

Neste artigo, vamos desmentir (ou afirmar) se os robôs nos vão suplantar nos nossos postos de trabalho e atividades cotidianas. Além disso, falar-se-á do passado, atualidade e futuro da relação entre a Inteligência Artificial e a Robótica.

Cortita e ao pé: O que é Inteligência Artificial e Robótica? Como se conectam?

Inteligência Artificial é a capacidade das máquinas de processar dados e tomar uma decisão como faria um humano. Olho, não se criam assim porque sim, mas sim algoritmos criados por pessoas para decidir com base no que aprendem (ou seja, muitos dados). A robótica, é a criação de robôs programados para realizar tarefas físicas em substituição da atividade realizada por um humano. A IA e a robótica forjam sua relação ao complementar-se para criar sistemas autónomos que possam desempenhar tarefas complexas em qualquer domínio.

A Inteligência Artificial e a Robótica estão transformando nossa realidade?

Há alguns anos, quando na minha universidade vi um robô semelhante a um cão aprendendo a andar como um bebe, minha mente se encheu de perguntas. Esse momento significou entender que as aplicações da robótica junto à IA poderiam ser muito úteis na sociedade, e em diferentes áreas como na educação, saúde, pesquisa, e o industrial.

Desde os anos 50, de Alan Turing a hoje, houve avanços significativos na fusão da Inteligência Artificial e da Robótica, o que resultou na criação de robôs autônomos que podem tomar suas decisões e adaptar-se ao contexto.

No nosso país, a pesquisa e o estudo nessas áreas são muito otimistas. Em 2022, a Universidade de San Andrés (UdeSA) apresentou o primeiro veículo autônomo da Argentina importado dos Estados Unidos com o objetivo de protagonizar a revolução de IA, em conjunto com o lançamento da carreira universitária de Engenharia em Inteligência Artificial.

As aplicações possíveis complementando estas disciplinas são muito interessantes, uma vez que através de algoritmos machine learning, pode-se conseguir que um robô físico aprenda um comportamento determinado e se adapte ao contexto da atividade que é necessário fazer. Na mesma linha, também é importante destacar aquelas aplicações onde uma pessoa não pode chegar a realizar essa tarefa, por exemplo, explorações espaciais.

Atualmente, são diferentes as indústrias onde essas disciplinas estão sendo aplicadas de maneira notável:

  • Na medicina, a IA está sendo utilizada para o diagnóstico de doenças por imagens, e os robôs para intervenções cirúrgicas.
  • Na indústria transformadora, são utilizados robôs para tarefas de ensamble, pintura, transferência. Neste caso, são utilizados robôs com visão artificial (IA) para detectar objetos e realizar um picking
  • Na segurança, temos os drones treinados com visão artificial para monitorar e monitorar áreas.
  • Na indústria automóvel, os veículos autónomos são muito importantes tanto para a transferência de pessoas como de objetos.
A IA, juntamente com a robótica, estão a mudar a forma como interagimos em todas as áreas do nosso trabalho, desde a automação industrial até a robótica de serviços. Especificamente, estas duas disciplinas estão revolucionando a forma de viver, trabalhar e estudar.

Desafios éticos e sociais da IA e Robótica

Embora o que se espera sejam aplicações em benefício da sociedade, existem riscos a ter em conta no campo destas disciplinas.

O principal desafio é ético e legal, dada a falta de regulamentos para a segurança e privacidade há riscos de que os dados sejam roubados e/ou mal utilizados. Na mesma linha, há muita responsabilidade das pessoas que criam IA, pois podem tomar decisões tendenciosas e causar consequências na sociedade.

Por outro lado, podem existir desafios relacionados à empregabilidade. Muitas pessoas questionam-se se os avanços da IA podem levar a uma diminuição de empregos. Ao contrário do que se pensa, estes avanços criarão também novos postos de trabalho e ajudará os empregos atuais a evoluir, promovendo assim a educação e a formação das pessoas.

Em conclusão, é necessário e importante que estes temas sejam abordados para garantir que o uso da IA e da robótica seja responsável e segura, com regulamentos e padrões, para alcançar um futuro com impactos sociais interessantes.

O quêEspera-nos aqui em mais?

O futuro dessas disciplinas é muito promissor, pois permitirá aos humanos delegar tarefas perigosas, reiterativas ou chatas, e poder focar o tempo de trabalho em outras atividades mais importantes.

Em suma, é certo que no futuro veremos mais aplicações surpreendentes que naçam da fusão entre a IA e a Robótica, com o desejo de que sejam promissoras para a sociedade e a evolução da vida humana. As possibilidades são infinitas, desde robôs mais inteligentes e autônomos até sistemas de inteligência artificial mais avançados e precisos. À medida que essas disciplinas continuam avançando, é importante continuar a explorar seu potencial e estar atentos aos desafios e riscos que implicam.

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
jose lopez

jose lopez

Tenho 23 anos. Sou Data Scientist em TN & Platex. Estude a Lic. de Administração na Universidade de San Andrés (UdeSA). Fui colaborador no Laboratório de Inteligência Artificial e Robótica de UdeSA.

Visualizações: 11

Comentários