12/04/2023 - Tecnologia e Inovação

O que são as DAO?

Por Andrea Navia

Imagen de portada
Imagen de portada

Você já ouviu a palavra DAO? Você certamente ouviu se você está metido no mundo Web3.Permitam-me, antes de começar com a explicação, esclarecer que não é o mesmo o conceito de Web3.0, o qual refere a evolução das Web que Web3, que foi apresentado pelo co-fundador do Ethereum, Gavin Wood, em 2014 e descreve um ecossistema web descentralizado e tokenizado baseado na tecnologia blockchain.Agora sim, basicamente, Organizações Autónomas Descentralizadas (DAO) São um novo tipo de organização baseada na tecnologia blockchain, onde por meio da programação de contratos inteligentes, onde se incluem as regras do negócio, executam-se as funções de uma organização.E isto como se faz?Imaginemos que Lollapalooza quer se tornar uma DAO.Para financiar o festival, é emitido um novo tipo de token na blockchain "X" chamado LPZ. O festival coloca à venda esses tokens aos sponsors, cantores e fãs que assistirão. Coloca-se como regra que os possuidores de 1500 tokens ou mais obtêm direitos de voto quando se tomam decisões sobre o Lollapalooza, como por exemplo: quando o evento deve ser realizado, o preço das entradas, etc. Cada LPZ vale um voto. Então, os contratos inteligentes são usados para rastrear quem pode votar, que votam e quais são os resultados.Embora seja um exemplo muito básico, denota que a organização do evento pode ser descentralizada e autônoma dando a opção de voto a todos os participantes, que adquiram a quantidade mínima de Tokens para votar, e não apenas a um grupo reduzido como por exemplo a uma junta directiva.O interessante das DAOs é que tudo o que se faz é público. As regras da organização estão integradas em contratos inteligentes que são públicos na blockchain para que qualquer um possa inspecioná-los e ver como funcionam.Há pessoas que pensam que isso pode ser um pouco utópico, pois consideram que a autonomia implica que a organização se maneje sozinha, sem intervenção humana uma vez que as regras de negócio são seteadas no contrato inteligente.Eu acho que a autonomia implica que as pessoas participantes podem tomar suas próprias escolhas, decisões e responsabilizar-se das consequências das mesmas. E que esta é uma concepção que dá poder de voto e consenso a pessoas que podem não se conhecer e, no entanto, ter um mesmo interesse, em nosso caso de exemplo, seria este super festival de música.E você o que você acha? Você comprou os tokens LPZ se você pudesse participar das decisões do festival?

Deseja validar este artigo?

Ao validar, você está certificando que a informação publicada está correta, nos ajudando a combater a desinformação.

Validado por 0 usuários
andrea navia

Andrea Navia

Olá, sou Andrea, engenheira em sistemas com mais de 25 anos em IT e atualmente inmersa no mundo Web3 e DeFi. Desde muito jovem, sou apaixonado pela tecnologia e pela fotografia. Fui desenvolvidora, analista funcional, líder de equipe, project manager e há um tempo me dedico à agilidade organizacional.

Linkedin

Visualizações: 2

Comentários